O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil, e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios.

História do Dia do Trabalho

O Dia dos Trabalhadores é celebrado dia 1 de maio, na maioria dos países industrializados. Em 1886, a união da Federação Americana do Trabalho decide por dedicar 1 de maio a reivindicação a jornada de oito horas. A partir de 1884, os sindicatos americanos começaram a se organizar para conseguir tal objetivo. Esta data não foi escolhida aleatoriamente. Na verdade, era o dia da renovação de muitos contratos de trabalho. A greve geral que se seguiu teve a participação de mais de 300 000 trabalhadores que abandonaram seus postos de trabalho para reivindicar a melhoria das condições de trabalho.

O protesto se inicia calmo em Chicago em 3 de maio, entretanto, um incidente explodiu entre grevistas e policiais, matando seis manifestantes. Marcando e revoltando ainda mais os trabalhadores. No dia seguinte, uma nova marcha de protesto, a polícia também está presente. Tudo caminha bem até o fim do evento. Quando os manifestantes começam a se dispersar, uma bomba explode, atingindo um policial. Confrontos surgem entre a polícia e alguns grevistas, fazendo novas mortes, sete policias e doze manifestantes.

Esta luta vai marcar movimentos trabalhistas americanas e partidos socialistas para além das fronteiras. Em 20 de junho de 1889 em Paris foi decidido pela Segunda Internacional Socialista, fazer manifestações anualmente. Então, 1 de maio ficou marcado para ser o dia de protesto internacional de trabalhadores para exigir a jornada de oito horas, em homenagem aos mortos de Chicago. O primeiro evento terá lugar no dia 01 de maio de 1890. Após o congresso americano baixar a jornada de trabalho de 16 horas para 8 horas os franceses foram levados a fazer a redução. O senado francês confirmou em 23 de abril de 1919 a jornada de 8 horas e declarou feriado nacional no dia 1 de maio do mesmo ano.

Origem do Dia do Trabalho no Brasil

No Brasil, existem informações de que a data é comemorada desde o ano de 1890. Contudo, apenas em 1925 que a data se tornou oficial. Foi o presidente Arthur Bernardes que criou um decreto. A partir do mandato do então presidente Getúlio Vargas em 1940, foi estabelecido o salário mínimo. No ano seguinte foi criada a Justiça do Trabalho que visa os direitos dos trabalhadores. Eram comuns movimentos comunistas e com influências anarquistas nas grandes cidades. Porém, com os decretos de Getúlio Vargas esses movimentos ficaram enfraquecidos. Um novo movimento começaria, dos trabalhadores, que buscavam sempre melhorias e seus direitos no trabalho. Até então o Dia do trabalho era visto apenas como um dia de protestos e passou a ser um dia para desfiles e festas.

No dia 1 de maio são lembradas as batalhas lutadas e vencidas diariamente pelos trabalhadores. Os trabalhadores de todo o Brasil aproveitam o dia junto a suas famílias e amigos. Podem ocorrer manifestos de forma calma, para lembrar os governantes que eles estão sendo observados e sempre pode haver melhorias a serem desenvolvidas de acordo com o momento que o pais se encontra.

Brasil e suas manifestações

As manifestações de 2013 que ocorreram nas ruas de diferentes cidades em todo o país, com o foco da reinvindicação a redução das tarifas do transporte coletivo, levou milhões de brasileiros as ruas, outros manifestos ocorreram com objetivos diferentes. Desde o impeachment do ex-presidente Fernando Collor de Mello em 1992, não havia ocorrido um manifesto com tanta repercussão.

A população promove as manifestações sempre que é necessário para serem escutados e não saem das ruas enquanto não alcançam seus objetivos.

As manifestações no Brasil ocorrem sempre em algum momento de transição e quando a população quer as mudanças necessárias para um futuro melhor.

Em que dia é este ano o dia do Trabalho ?

Para nao faltar os preparativos para celebrar esse dia importante do trabalho, nos deixamos-te este calendario oficial para cada ano.