Sábado de Aleluia, Sábado Negro é para os cristãos brasileiros, um dia de silêncio, de esperança e de contemplação. São relembrados os sofrimentos de Jesus Cristo, sua morte e sepultamento. A celebração da Ressurreição começa no sábado à noite na Vigília Pascal.

História do Sábado de Aleluia

Sábado Santo como também é conhecido, é o nome dado ao dia entre sexta-feira e domingo de Páscoa. Alguns cristãos consideram o Sábado Santo, o sétimo dia da Semana Santa, como o dia que Jesus « descansou » de seu trabalho para a salvação do mundo. Ao morrer, ele exclamou: « Está consumado! « Não houve nenhum preço a pagar: o pecado tinha sido expulso. Após sua crucificação, Jesus foi colocado em um túmulo não muito longe, onde seu corpo permaneceu ao longo Sábado Santo (Mateus 27,59-60, Marcos 15.46, Lucas 23,53-54, John 19,39-42). Igrejas que celebram Sábado Santo tradicionalmente passam este dia em uma triste reflexão sobre o reinado em escuridão neste mundo sem a esperança da ressurreição de Cristo.

No Sábado Santo são realizadas orações na igreja, mas sem missa. Não podemos comungar, apenas para pacientes em risco de morte. É permitido administrar o Sacramento da Penitência e da Reconciliação e do sacramento dos enfermos, mas não podemos celebrar casamentos ou batismo.

A Vigília Pascal

Neste mesmo Sábado Santo, o silêncio e a escuridão dão lugar à música e à luz durante a noite. A Vigília Pascal é a vigília da noite em que se celebra a ressurreição de Cristo, na noite de sábado para domingo. A vigília começa por volta das 21 ou 22 horas, algumas vezes, com um grande fogo, luz do Ressuscitado, compartilhado por todos.

Durante esta celebração, os católicos renovam seus votos batismais e muitos batismos são celebrados e, particularmente, batismos de adultos.

O curso da celebração da Vigília Pascal tem lugar em 4 etapas:

– O ritual da luz;

– O ritual de expressão, que lembra as pessoas da história sagrada desde a criação até a ressurreição de Cristo;

– O ritual do batismo, que renova a ação gerador do batismo;

– Uma missa resumindo os últimos três rituais.

No início da celebração, os fiéis se reúnem em silêncio do lado de fora da igreja, em torno de um grande fogo aceso. O sacerdote que preside a celebração, acompanhado de coroinhas portadores do círio pascal, chega antes que o fogo e resume em poucas palavras o significado do ritual: a Igreja chama seus fiéis espalhados por todo o mundo para se reunirem para celebrar o Cristo ressuscitado que é a luz do mundo.

O ritual da luz

A fogueira será usada para acender uma grande vela que é ornada com uma grande cruz vermelha, com as inscrições Alfa e Ômega e com o ano da celebração. O sacerdote oficial diz: « Em Cristo é o reino, o poder e a glória para todo o sempre”. Cinco incensos são introduzidos na cruz, eles simbolizam as cinco chagas gloriosas de Cristo. O círio pascal pode então ser ligado a partir da queima de fogo durante a noite. Ele entra na igreja liderada por um diácono ou o celebrante principal, seguido de fiéis. Por três vezes o diácono levanta a vela e recita: « Eis a luz de Cristo”, os fiéis respondem: « Graças a Deus”. É a imagem da fé que cresce através da comunicação. O círio pascal é, então, colocado sobre um grande castiçal, localizado no meio da Igreja, Cristo ressuscitado. É momento para o canto da exaltação a Cristo. É a canção de louvor, a libertação, a vitória irá soar e quebra o silêncio da noite.

O ritual do discurso

É constituído por uma série de sete leituras. Quatro textos que evocam 4 noites da vida humana: a noite da Criação, do sacrifício de Abraão (ligação de Isaac), da travessia do Mar Vermelho e da Páscoa. Após as noites, 3 textos de batismo: o banquete, a liberdade e a adoção. A cada texto bíblico, a congregação responde com um salmo ou hino. Com a oração pronunciada pelo padre da celebração, tudo tem significado em Cristo. Esta fase termina com a leitura da história do Evangelho da ressurreição

O ritual do batismo

Neste momento, realiza-se os batizados em adultos. O ritual ocorre em torno de um grande recipiente cheio de água, abençoada pelo padre, que se vira para os fiéis, e usando um pequeno ramo, os molha em abundância.

A Missa

Os sinos que ficaram em silêncio desde Quinta-feira Santa, durante o canto do Glória, entoam a Glória de Cristo ressuscitado. A missa, que é o memorial da paixão e ressurreição de Cristo, é celebrada com grande solenidade por canções e orações. Os fiéis presentes se felicitam uns aos outros com as palavras « Feliz Páscoa » ou « O Cristo ressuscitou ».

Oracão para o Sábado de Aleluia

Para participar dessa celebração da Semana Santa, reze à noite:

“Aleluia! Nesta noite começa nossa nova vida. O Senhor ressurge na terra, convertida em sepulcro. Deus preserva a seu Inocente, Deus protege a seu Humilhado, Deus liberta a seu Filho assassinado. Triunfa a inocência que é, Jesus; triunfa tua vida. Sim, triunfa, surge, é luz, vive. Esta Ressurreição Tua é um acontecimento concedido à comunidade para a alegria e o desfruto. Nós os cristãos estamos despertos ESPERANDO no meio da noite consagrada ao sonho. Temos um desejo enorme de encontrar-nos o quanto antes contigo, Jesus ressuscitado. Esta é uma noite iluminada pelo DIA: Cristo vive. Nosso homem velho morreu em nós; chegamos à beira da liberdade. Cristo vive; nós também vivemos contigo. A tumba que era Tua prisão se abre e sais ressuscitado.

Mas este fato da ressurreição é graça para nós, só e exclusivamente graça. Tem Tu que sair ao encontro de teus desolados e desconsolados discípulos, para que possamos Te reconhecer e Te adorar. Vai diante no caminho; vai para encontrar-te com os teus. Só a partir deste encontro contigo podemos construir caminhos que sejam sinais de vida e esperança. Deus acompanhou-te, Jesus, durante toda a Tua caminhada. Agora Tu nos acompanharás com Tua ressurreição, que se converterá para nós no primeiro dia de uma nova criação, de uma história diferente. “Ressuscitou minha esperança!”. Aí, esta vai ser uma experiência de fé: te verão e experimentarão ressuscitado só os que creem.

Vive Senhor, não estás morto. Vive em Deus, Teu Pai. Vive em cada um dos que Te amam e seguem teu caminho. Vive Senhor. Vive na justiça e na bondade de todos os justos da terra. Vive, não estás morto! A vida não pode ser morta; a vida é mais forte que a morte. Tua morte, Jesus, é o triunfo sobre todos os que Te matam. Ensina-nos a proteger e cultivar contigo a vida, oferecendo a todos em nossas mãos bondade, pão e ternura. Vive Senhor, não estás morto! Queremos ser testemunhas de Alguém que vive.”

Quando vai ser o Sábado de Aleluia ?

Para nao faltar os preparativos para celebrar esse dia importante do Sábado de Aleluia, nos deixamos-te este calendario oficial para cada ano.

Descubra os outros dias da Semana santa

  • Sexta Feira da Paixão