Em que dia vai ser a Semana Santa em 2020? Certamente é a pergunta que muitos católicos se fazem quando o mês de março se aproxima. De acordo com o calendário de 2020, a Semana Santa começará no Domingo, 5 de abril de 2020 e terminará e o Sábado 11 de abril de 2020.

semana santa 2020 brasil

Você já se perguntou por que a Semana Santa cai em datas diferentes a cada ano? Na verdade, a data da Páscoa é definida de acordo com um evento astronómico. Todos os anos, a Páscoa começa no primeiro domingo após a primeira lua cheia da Primavera.

Até 2020, a correspondência de dia e data santos é:

Feriados prolongados da Semana Santa 2020 no Brasil

Para muitos brasileiros, a Semana Santa é um período religioso pacífico para reencontrar Jesus, mas a Semana Santa é também sinônimo de feriados prolongados.. Em 2020 a “Sexta-feira da Paixão” cai no dia 10 de Abril. São três dias de folga para curtir em casa ou fora de casa com uma viagem mais elaborada. Para aproveitar todo o clima da Semana Santa há algumas opções de destinos nacionais que costumam celebrar a Semana Santa em grande estilo. Um deles é o combo Gramado e Canela, no Rio Grande do Sul. As cidadezinhas do interior gaúcho são famosas por sua arquitetura europeia e suas ruas repletas de flores, restaurantes e cafés deliciosos.

feriados prolongados 2020 brasil

Qual é o significado da Semana Santa?

A Páscoa é o coração da fé cristã. É por isso que os cristãos se preparam para a Páscoa desde o início da Quaresma, e especialmente durante a Semana Santa.

A Semana Santa começa no Domingo de Ramos (celebração da entrada solene de Cristo em Jerusalém), inclui a Quinta-feira Santa (celebração da instituição da Eucaristia e do sacerdócio de Cristo) e a Sexta-feira Santa (celebração da Paixão e morte de Cristo na cruz). A Semana Santa termina com a vigília pascal, durante a noite do Sábado Santo até ao Domingo de Páscoa (a ressurreição de Cristo).

Domingo de Ramos

Seis dias antes da festa da Páscoa judaica, Jesus vem a Jerusalém. A multidão aplaudiu quando ele entrou na cidade. Ele cobriu o chão com vestes e ramos verdes, formando como uma estrada real em sua homenagem.
Em memória deste acontecimento, os católicos vêm à igreja naquele dia com ramos (madeira de buxo, oliveira, louro ou palma, dependendo da região) que o padre abençoa no início da missa. Os fiéis levam-nos a casa para decorar os crucifixos até ao Domingo de Ramos do ano seguinte.

Quarta-feira Santa

Na quarta-feira da Semana Santa, muitas dioceses oferecem a Missa Crismal. Outro dia da Semana Santa pode ser estabelecido: no rito latino católico, a Missa Crismal não pertence, estritamente falando, ao tríduo pascal. Se for celebrado mais frequentemente na manhã de Quinta-feira Santa, pode ser mudado para outro dia, desde que seja próximo da Páscoa.

Muitos bispos, para facilitar a participação dos fiéis e dos sacerdotes, escolhem uma tarde num ou noutro dia da festa, segunda, terça ou quarta.

Durante a Missa Crismal, o Bispo consagra o santo crisma e abençoa os outros óleos sagrados.

Quinta-feira Santa

Jesus tem a sua última ceia com os doze Apóstolos na sala chamada “Cenáculo”. São Paulo e os Evangelistas Marcos, Lucas e Mateus relatam os relatos da Última Ceia (I Epístola aos Coríntios, 11; Evangelho segundo Marcos, 14; Evangelho segundo Lucas, 22; Evangelho segundo Mateus, 26) durante o qual, tomando pão e vinho, Cristo dá graças e oferece o seu Corpo e Sangue para a salvação dos homens.

Depois desta ceia, a hora do julgamento, Cristo vai ao Jardim das Oliveiras com os apóstolos para observar e orar.

Na Quinta-feira Santa, a Igreja celebra a Missa “em memória da Ceia do Senhor”, depois os fiéis se unem à oração de Cristo naquela noite, vigiando sobre o Santíssimo Sacramento (o pão e o vinho consagrados durante a Missa) até altas horas da noite.

Sexta-Feira Santa

Traído pelo seu discípulo Judas, Cristo é preso. Ele é acusado de semear a desordem através dos seus ensinamentos e especialmente de usurpar o título de Messias, ou seja, o Filho de Deus enviado para salvar os homens. Interrogado por Pôncio Pilatos (governador romano da região), espancado pelos soldados, foi condenado a ser pregado a uma cruz, punição reservada aos criminosos.

Carregado com a cruz, Cristo subiu a colina do Gólgota (literalmente “Monte do Crânio”, também conhecido como “Calvário”) e caiu várias vezes de cansaço. Crucificado, ele expira após algumas horas. Descido da cruz pelos seus parentes, é envolto num pano branco (o “sudário”) e colocado no túmulo.

Os cristãos são chamados ao jejum (que consiste em privar-se do alimento de acordo com a idade e a força dos fiéis), um processo de penitência e conversão, expressão da expectativa de Cristo. A celebração da Sexta-feira Santa, chamada “celebração da Paixão do Senhor”, está centrada na proclamação da história da Paixão (Evangelho segundo João 18,1-19,42). Aos fiéis é oferecida uma Via Sacra que segue as pegadas da Paixão de Cristo.

Sábado Santo

A celebração do Sábado Santo à noite de Páscoa é “uma vigília em honra do Senhor”, durante a qual os católicos celebram a Páscoa, a passagem das trevas para a luz, a vitória de Cristo sobre a morte. Portanto, à noite, acende-se o fogo e a vela da Páscoa e a chama é transmitida aos fiéis.

É também durante esta vigília – ou vigília pascal – quando se celebram os baptismos dos adultos. Eles são também uma oportunidade para os fiéis renovarem as suas promessas baptismais. Durante a Vigília Pascal de 2019, foram celebrados mais de 2675 baptismos (2700 em 2018, 2650 em 2017 e 2400 em 2016). Cerca de 80% destes catecúmenos têm entre 18 e 40 anos de idade.

Domingo de Páscoa

“No primeiro dia da semana, Maria Madalena vai para o túmulo. A pedra foi removida… As tiras foram removidas… As roupas foram enroladas separadamente” (Evangelho segundo São João, 20).

Etimologicamente, “Páscoa” significa “passagem”: através desta passagem da morte para a vida, Cristo salvou o homem do pecado e chamou-o para a vida eterna. A ressurreição de Cristo é o cumprimento das promessas de Deus ao Seu povo. É por isso que a festa da Páscoa, celebrada com uma missa solene, é o ponto mais alto do calendário litúrgico cristão. Este dia de alegria é marcado nas igrejas pela cor branca ou dourada, símbolo de alegria e luz.

Quando é a Semana Santa ?

Para não perder os preparativos para celebrar esta importante semana, deixamos-lhe o calendário oficial para cada ano:

Confira nossos outros artigos sobre a Semana Santa

  • quarta feira de cinzas
    Dia oficial de entrada na Quaresma : Descubra a origem e as cerimônias da Quarta-feira de Cinzas
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments